playlist Music

sábado, 10 de maio de 2014

AMANDA BRECKER – BLOSSOM (Decca Records)

Cerca de uma década atrás, o talentoso jovem britânico, Jamie Cullum, escolheu  romper as linhas inimigas com seu álbum “Pointless Nostalgic”, um título que seria ideal para este sincero, mas adequadamente um exercício absurdo  em uma olhadela para trás de Amanda Brecker. Uma  cantora de 27 anos de uma impressiva linhagem do jazz — ela é a filha de Randy Brecker e Eliane Elias—cujo  intento, ao menos em parte, foi marcar o 40° aniversário do marco de Carole King, “Tapestry”. Com visão aguçada, os fãs de King devem notar uma discrepância matemática —“Tapestry” foi lançado em 1971—mas o álbum de Brecker estreou dois anos atrás no Japão, onde ela tem um considerável grupo de seguidores, e só agora surgiu nos Estados Unidos.

Apenas cinco das faixas de Blossom são retiradas de “Tapestry”. Outras, incluindo a faixa título, derivam de vários álbuns de James Taylor da, irregularmente, mesma época. Acompanhando Brecker estão o baterista Russ Kunkel das sessões originais de King ; o baixista Lee Sklar, que acompanhou King eTaylor em “Troubadour Reunion Tour” e o tecladista Larry Goldings, cuja rica história inclui trabalhos ao lado de Taylor. O suporte deles é moderadamente adorável.

Entretanto, a vocalização de pouca extensão de Brecker, cujos inclinações são decididamente mais para o pop do que para o jazz, faz eco à fragilidade de Taylor e alude o telurismo de King, Ela demonstra ausência da profundidade emocional dos dois. O produtor Jesse Harris, que levou Norah Jones ao sucesso platinado, falha na geração do mesmo frisson aqui.  À parte  “Long Ago and Far Away”  de Taylor, que está perfeitamente adequado ao estilo tênue de Brecker, as demais permanecem réplicas masculinas—tépidas reminiscências de uma era que antecede o nascimento dela em torno de duas décadas. Esta é a nostalgia dos seus pais, não dela,  e a natureza de segunda mão mostra isto bem claramente.

      Faixas

   1. Blossom 2:25
   2. So Far Away 4:27
   3. You Can Close Your Eyes 2:33
   4. Will You Love Me Tomorrow 2:59
   5. Sweet Baby James 3:09
   6. It's Too Late 3:57
   7. Don't Let Me Be Lonely Tonight 2:56
   8. Long Ago And Far Away 3:09
   9. Something In The Way He Moves 3:46
 10. (You Make Me Feel Like A) Natural Woman 3:22
 11. You've Got A Friend 4:54
 12. You Were Mine 2:53


Fonte: Christopher Loudon (JazzTimes)

Nenhum comentário: