playlist Music

quarta-feira, 21 de setembro de 2022

THE KEVIN BRADY ELECTRIC QUARTET - PLAN B (Ubuntu)

Kevin Brady é um baterista bem reconhecido na Irlanda. O baixista Dave Redmond é um compatriota, enquanto o tecladista Bill Carrothers e o saxofonista Seamus Blake são estadunidenses. Quando eles se juntam, eles criam um som coletivo que é clássico, ainda que ousado o bastante para insistir em sua própria modernidade.

A abertura “Airbourne” estabelece a entonação delicadamente. Isto não é “órgão jazz” no senso comovente e firmemente suingante, mas no tradicional hard bop com um pouco de funk extra na bateria e algum fusion dos anos 70 emanando do Fender Rhodes. O toque de Brady tem um relaxamento orgânico e som que acena para a clássica produção dos anos 70, enquanto o teclado cintilante de Carrothers traz à mente Return To Forever antes de ter ido para pleno rock progressivo, com alguma psicodelia à la Larry Young aqui e lá. O baixo de Redmond está longe do supérfluo. De fato, sua profundidade, quase com linhas remixadas do baixo permite ao Fender Rhodes flutuar como uma nuvem ou entregar solos pungentes sem ter preocupação em providenciar qualquer espécie de âncora. E Blake nunca trata os outros três como sua banda de fundo, mesmo quando ele está solando, ele está ouvindo. A ironicamente intitulada “Short ’n‘ Sweet” (vem com menos 10 segundos para ser a mais longa peça do álbum) é rápida, com balanço quase dançável, que dá a cada instrumentista espaço para solo ou realizar um empático, mas ainda sustentador, manifesto. Enquanto “Suicide Squeeze” é uma fascinante mistura da fluidez do bebop com o soul-jazz dos anos 70. O extenso Blake, flexibiliza excursões de sua técnica impressionante a serviço do esquema de Grover Washington Jr. com frases melódicas repetitivas e facilmente reconhecidas.

Faixas: Airbourne; Plan B; Short ’n‘ Sweet; Spindle Top; Suicide Squeeze; Quiet Beach; Out Of The Blue; Wanderlust. (55:45)

Músicos: Seamus Blake, saxofone tenor; Bill Carrothers, Fender Rhodes; Dave Redmond, baixo elétrico ; Kevin Brady, bateria.

Fonte:  Philip Freeman (DownBeat) 

Nenhum comentário: